[Resenha] Para Sempre – Os Imortais

Titulo em inglês: Evermore (De acordo com a escritora, “brincadeirinha” com o nome da protagosnista)
Autora: Alyson Noël
Coleção: Os Imortais – Volume Um
Editora: Intríseca
261 Páginas
http://www.serieosimortais.com.br

Sinopse: Depois de perder toda a familia em um desastre de automóvel, do qual inexplicavelmente escapou, Ever Bloom tem sua vida transformada por completo. Ela muda de cidade, de escola, de amigos, e precisa aprender a conviver com uma realidade atordoante: após o acidente, Ever adquiriu dons especiais. Ela enxerga a aura das outras pessoas, ouve seus pensamentos, e com um simples toque pode conhecer a vida inteira de alguém. É angustiante. Tudo, porém, parece cessar quando Damen se aproxima. Só ele consegue calar as vozes que a perturbam tão intensamente. Mas ela não faz idéia de quem ou o quê Damen realmente é. Só tem certeza de estar cada vez mais envolvida… E apaixonada. 

Resenha

Ever tinha uma vida perfeita. Ela era uma garota popular, acabara de se tornar líder de torcida do principal time da escola e morava numa casa maravilhosa, com o pai, a mãe, uma irmãzinha e a cadela Buttercup. Nada no mundo parecia capaz de interferir em sua felicidade, o céu era o limite!

Até que um desastre transformou tudo em um pesadelo angustiante.
Ever foi a única sobrevivente de um acidente de carro, em que todos de sua família, morrem e sem nenhuma explicação, ela não… Quando ela se recupera do acidente, ganha alguns dons, dos quais ela não gosta nada. Ela passa a ver a aura de cada pessoa, escuta seus pensamentos e com somente um toque conhece a vida toda da pessoa, e ainda via fantasmas, inclusive sua irmã, Riley. Ela começou a se proteger do modo que ela pode. Vivendo sempre debaixo de um capuz, com roupas largas, sempre com os fones do IPod nas orelhas no ultimo volume e evitando a todo custo o toque de outras pessoas…

Mas quando Damen Auguste aparece as coisas mudam, aluno novo e todo misterioso, e quando ele esta por perto, Ever “perde’ seus dons, como se fosse um botão de “liga/desliga”… E ela quer que fique sempre “desligados”…

Minha Opinião…

Olha quando comecei a ler este livro realmente achei que ai gostar… Adorei o primeiro capitulo e tem tudo que sempre chama a minha atenção… Mas não foi assim… =/

A personagem principal, Ever Bloom, é muito inocente e boba, e ainda tem seus momentos de burrinha, ela me lembrou e em muito a Bella Swan (e olha que a Bella sabe ser chata). O livro tem seus altos e baixos…

A personagem é orgulhosa e egoísta, até ai ok né, é uma adolescente, mas ela tem uma de achar que é a única que tem problemas em todo o mundo e todos nasceram para fazer algo contra ela… E a obseção que ela “tenta” ter por Damen, o mocinho da história, também não nos convence…

O livro tem uma história bonita, mas não explora isso, e acaba cansando o leitor. Tem potencial, mas é uma pena que não foi todo utilizado.

Aparece personagens interessantes, um exemplo é Ava, uma médium, que sabe o que Ever esta passando e pode ajuda-la, nos faz pensar “agora vai acontecer”. Mas não, simplesmente a deixa de lado e não acontece nada, nada além da Ever criar uma raiva que não tem motivo nenhum contra a personagem. Falta profundidade nos personagens. A escritora não se aprofunda em nenhum, e eu senti muita falta de conhece-los melhor…

Ainda pretendo ler o segundo volume – Lua Azul – para ver se melhora, pois ainda credito que tem como…

O livro não é ruim, mas não esta perto de ser um dos melhores… Então você que pretende começar a leitura, não tenha expectativas muito altas, assim vai ser melhor…

Anúncios

3 comentários sobre “[Resenha] Para Sempre – Os Imortais

  1. Luh, eu discordo de vc no seu comentário sobre o livro para sempre… imagine vc com uma baita dor de cabeça e só consegue arranjar um remédio, mas esse remédio é algo inusitado, mas vc se desespera pela dor e fica querendo q ela passe mas a única coisa q vc vê é o inusitado…
    Então a sequência apresenta melhor os personagens e eu detesto aquela médium… se vc quiser saber um pouco mais sobre ela.. leia o radiance, o livro da perspectiva da irmã da Ever, a Raven, se não me engano…
    Talvez vc desconsidere o livro por causa da já sua grande bagagem de leitura… tanto q no inicio qndo eu li já tava achando q era uma história de vampiros da moda… mas como a autora tenta criar uma novidade e como era o primeiro ainda vc tem q dar uma chance pra história… ainda haverá muito do que se incomodar e talvez admirar kkk
    Espero q não tenha sido rude, bjus =***

      1. Garanto q o terceiro inicia de uma maneira menos adolescente rsrsrs… eu só li até o terceiro… fiquei enfurecida com um certo personagem…que eu não vou falar kkkk
        daí como li antes de ser lançado no Brasil, fiquei um tempão esperando as continuações…
        Mas, voltando ao livro/história/enredo, há uma certa evolução da personagem… o que acho q foi tardio perto do que ela passou e passava antes do aparecimento do Damen… mas não exija tanto de um adoslecente americana… rsrsr
        bju

Faça uma blogueira feliz, deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s