[Resenha] A Herdeira

Demorei, mas voltei… E com resenha nova… 😉

Sinopse: Fundador de uma das maiores companhias farmacêutica do mundo. Sam Roffe era um reconhecido homem de negócios. Entretanto, sua política de manter as ações da empresa somente entre membros da família não era muito popular. Com a morte do empresário, Elizabeth, a herdeira, assume a direção sem saber que essa decisão pode acabar provocando sua morte…

A Herdeira é mais uma trama de paixões e conspirações que leva a assinatura de Sidney Sheldon…

Título: A Herdeira
Autor: Sidney Sheldon
Número de Páginas: 399
Editora: Record

Gente, terminei!

Este foi um livro que sofri um pouco para terminá-lo, já estava pensando em nem fazer resenha, pensando que não ia valer a pena, mas agora que terminei, sei que valeu e que merece uma resenha sim!!!

Ele é um pouco lendo e monótono no inicio, mais ou menos até chegar no capítulo 15, olha que tem um total de 58, mas tem alguns curtinhos… rs
No inicio do livro, vem aquela típica explicação de personagens e de lugares, mas neste volume as coisas me incomodaram um pouco, pois é muita explicação e até um pouco de enrrolação, que te deixa meio perdida do que está havendo… (sei que os fãs de Sidney Sheldon não gostaram de ler isso, mas né…)

O livro é separado em duas partes, a primeira vai do capitulo 1 ao 15, e depois é separado com “Livro Segundo”, e ai sim as coisas começam e fazer sentido e ficarem bem melhores…

A história é de uma grande empresa, a Roffe & Filhos, segunda maior empresa farmacêutica do mundo, e de seus diretores…
Sam Roffe é o Presidente da empresa, e pai ausente de Elizabeth. Sam é quem manda e desmanda na empresa, e é também, quem não concorda com a venda das ações da empresa ao público, pois para serem vendidas, a diretoria, que só podem ser da familia Roffe ou casados com uma, tem que ser unanimes nesta decisão. E é ai que aparecem os problemas, pois cada um dos diretores tem interesse e necessidades de vender as ações, e Sam é o único impedimento para conseguirem isso.
Acontece um acidente com Sam e este vem a morrer. Com sua morte, a diretoria acha que vai conseguir concluir seus planos de vender as ações, mas se enganam, pois Elizabeth, herdeira direta e única de Sam, se recusa a concordar, e também vira um alvo… E um integrante da diretoria, parece ser capaz de tudo para conseguir chegar a seus objetivos. Inclusive matar…

Quando Elizabeth aparece na história, ela é ainda uma criança, mas vai crescendo e se desenvolvendo no decorrer do livro, nós leitores conseguimos ver a personagem amadurecer e ficar mais esperta com o que esta havendo a sua volta, e também acompanhamos ela se apaixonando por Rhys Williams, braço direito de seu pai.

Rhys é um ótimo personagem, acaba até te seduzindo, ele é um mistério até o fim do livro, nunca dá para saber o que esperar do personagem, tem  horas que dá a impressão que ele é o mocinho da história, mas tem horas que ele se encaixa perfeitamente no cargo de vilão…

Com este livro, você viaja com os personagens para Paris, Berlin, Sardenha, Itália e outros vários lugares, e inclusive ao Rio de Janeiro…
Minha parte favorita de todo o livro foi a história do Tetravó da personagem principal, o Velho Samuel… A história dele aparece por causa de Elisabeth, que encontra uma edição muito antiga da Autobiografia de seu antepassado… Fiquei é  com vontade de ler este livro do Velho Samuel… Bem que poderia ter… =)

Para que tem interesse em ler este volume, já aviso, no inicio ele é chatinho, mas vale a pena terminá-lo, é um mistério do inicio ao fim, você acaba desconfiando de todos e só descobre o vilão nas ultimas páginas mesmo.

Eu recomendo!

Nota sobre o Autor:
Sidney Sheldon recebeu os tres mais cobiçados premios da industria cultural americana: o Oscar (cinema), o Tony (Teatro) e o Edgar (Literatura de suspense). Seus livros tiveram mais de 300 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, e foram traduzidos para dezenas de linguas em 180 países, o que lhe rendeu a classificação de “autor mais traduzido do mundo” pelo Guinness. O autor morreu em 2007.

Até mais…

Luh Figueiredos

Anúncios

8 comentários sobre “[Resenha] A Herdeira

  1. Oi Luh
    me interessei muito nesse livro depois da sua resenha…

    Vou ver se consigo ler ele esse ano ainda…
    faz tempo q não leio um livro de suspense…
    ou será q nunca li??? kkkk

    valeu pela dica 😉

    bjus

  2. Oie Luh!

    Eu nunca tinha visitado seu blog e entrei no do blogspot e vi vc falando da pessima qualidade. Eu concordo com você 😦 Mas o problema é qe eu nao sei mexer no wordpress, entao ia ferrar de qualquer maneira dhsuhdushuds Mas sempre que eu puder, vou passar por aqui então! 😀

    Beijokas! :*

    Raphaela
    Equalize da Leitura
    @EqualizeLeitura

  3. Não acho o começo ruim. Na verdade, “A Herdeira” é um dos meus livros favoritos dele.
    Não sei se já leu, mas “Conte-me seus sonhos” é fantástico. “O Outro lado de mim” também é imperdível!

Faça uma blogueira feliz, deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s