[Curiosidades Literárias] Série Vaga-Lume

Oi oi galera!

Hoje trago para vocês um pouco sobre uma das séries que  ajudou a formar muitas gerações de leitores em nosso país.

A Série Vaga-Lume

serievagalume

Série Vaga-Lume é uma coleção de livros lançada pela Editora Ática desde 30 de Dezembro de 1972. Suas obras são principalmente voltadas ao público infantil a juvenil, tendo havido algumas mudanças em seu formato, mas continuando até hoje com seu pequeno vaga-lume carinhosamente chamado de Luminoso, característico da série.

Essa série foi muito utilizada nas escolas, pois, além das histórias cada livro apresenta um conteúdo didático relacionado com o próprio enredo. O que facilitava a introdução de livros no dia-a-dia dos alunos.

escaravelhodiabocolecao-vaga-lumesCom 41 anos de publicações, teve seu início através de obras já conhecidas, como o Escaravelho do Diabo, de Lúcia Machado de Almeida, sendo que na segunda década já passou a investir em novos escritores, dentre eles Marcos Rey, Marçal Aquino, entre outros.

Uma curiosidade, a Editora Ática não divulga seus números de venda, mas acredita-se, através de teses de doutorado como das Professoras Catia Toledo Mendonça (Universidade Federal do Paraná) A ILHA PERDIDAe Silvia Helena Simões Borelli (PUC-SP) que, por exemplo, “A Ilha Perdida”, de Maria José Dupré, já ultrapassara os 2,2 milhões de exemplares vendidos, isso na metade da década de 90. Estima-se, que, se  o ritmo de venda manteve-se, cerca de 100 mil exemplares/ano, essa série já ultrapassou a marca de 4 milhões de exemplares vendidos. Confirmando o sucesso dessa série.

O editor Jiro Takahashi, atual editor da Prumo, do grupo Rocco e um dos fundadores da série, diz que o sucesso deve-se a diversos fatores. Um deles: o preço.

“As altas tiragens, devido à divulgação bem dirigida, permitiam preços baixos que facilitaram as adoções nas escolas.”

Takahashi chama atenção ainda para a importância do trabalho dos designers e ilustradores, que criaram uma identidade marcante para a coleção.

vagalume

Uma novidade para essa coleção é que a editora pretende disponibilizar toda a obra em formato digital, alcançando ainda mais o grupo de leitores.

Então vou ficando por aqui.

Espero que tenham gostado, alguns podem sentir-se nostálgicos outros mesmo acabaram conhecendo um pouco mais dessa coleção histórica nacional.

Beijos, livros e até

Camila Peitz

Anúncios

Faça uma blogueira feliz, deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s